Imagina Belo Horizonte sem fila de espera para órtese e prótese?

Motivado por este sonho acalantado pelos acadêmicos da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, o vereador Pedro Bueno abraçou esta causa e protocolou o PL 415/2017.

A proposição visa estimular a criação de um Banco de Órtese e Prótese em Belo Horizonte, sendo este, um espaço de reaproveitamento, estudo e troca de órteses e próteses.

Neste Banco de Órteses e Próteses, haverá o acesso e tratamento de pessoas carentes que tenham deficiência irreversível e/ou incapacidade motora transitória, fomentando a sustentabilidade no que tange o reaproveitamento destes equipamentos e, também, uma maior eficiência na aplicação dos recursos públicos.

O projeto de lei está bem avançado em sua tramitação na Câmara, e uma audiência pública sobre este assunto será divulgada, em breve, pelos canais sociais do vereador Pedro Bueno.

Você acha necessário um Banco de Órteses e Próteses em BH?
Deixe sua opinião nos comentários.

#MaisSaúdeParaBH #BHRepresentada #GuardaSempre

Deixe seu comentário