– Atualmente, é comum a utilização do sistema de cartão eletrônico pelas boates, danceterias e casas noturnas, a fim de realizarem registro e controle dos gastos oriundos da prestação dos serviços oferecidos. Porém, esta forma de controle,não proporciona aos clientes, nenhuma segurança sobre seu consumo.

– O Vereador Pedro Bueno entende que a aprovação do PL 268/17, permitirá que o frequentador tenha acesso a um terminal no qual possa consultar o valor parcial de seu consumo nas casas de shows e afins.

– Utilizando este mecanismo de controle de consumação, através de terminais eletrônicos específicos para este fim, o cidadão terá plenamente assistidos os direitos na relação de consumo indubitavelmente amparados pelo Código de Defesa do Consumidor.

#NoiteBHSegura #NoiteSeguraBH #NoiteDeBH #ConsumidorProtegido

Deixe seu comentário