As diretrizes do Sistema Único de Segurança – SUSP, apresentado pelo governo federal, seus reflexos na estratégia para a segurança no Estado foi debatida nesta tarde de (18/06) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

O Vereador Pedro Bueno marcou presença no debate representando as Guardas Municipais somados aos Comandantes Leví Sampaio de Contagem e Anderson Reis de Betim.

Nas explanações o relator do SUSP, Senador Antônio Anastasia, considerou que a população vê a segurança pública como a grande demanda de prioridade da atualidade, em razão da omissão do Estado desde a Carta Magna de 88, quando no texto o legislador, deixou lacunas sobre as competências e missões constitucionais de cada ente da federação.

Anastasia, defendeu a integração de todos os atores da segurança pública e lamentou a retirada do texto SUSP, dos Agentes do Sistema Socioeducativo, Penitenciários e o veto de transferência fundo a fundo o que, para o Congressista, concentra os poderes de transferência dos recursos na União.

O Senador vê com otimismo o reconhecimento do governo federal sobre a sua responsabilidade ativa e a obrigação de alocação de recursos noFundo Penitenciário Nacional – FPN e outros fundos descontingenciados.

Anastasia alertou que a efetividade da Política do SUSP só se dará com despojamento do corporativismo e a colaboração de todas as forças de segurança atuando como um órgão sistêmico, onde todos os operadores tenham a segurança pública como atividade típica e comum.

Na ocasião o Vereador Pedro Bueno, convidou especialistas presentes, para discutir o SUSP no âmbito da municipalidade, na Câmara de BH.

#GuardaRepresentada #PorBH

Deixe seu comentário